Corpo de coronel do Exército é furtado de cemitério no Sul de Minas

Criminosos furtaram o corpo de um coronel aposentado do Exército, que estava sepultado em um jazigo do Cemitério Municipal de Pouso Alegre, cidade que fica a 100 km de Poços de Caldas. O furto teria ocorrido entre a noite de ontem e a madrugada desta quarta-feira (22/06). Funcionários do cemitério que perceberam que o túmulo estava revirado.

O túmulo onde estavam os restos mortais de José Delfino da Costa, fica na rua principal do cemitério, ao lado do cruzeiro. A gerência do cemitério acionou a Polícia Militar e a família dona do jazigo.

Ao conferirem os túmulos, os parentes notaram que o corpo tinha sido levado. Havia dois anos e 11 dias que o coronel aposentado do Exército havia sido sepultado no local. Coronel Delfino faleceu no dia 09 de junho de 2020, aos 87 anos de idade.

“Um susto imenso. Um absurdo. Levou o corpo inteiro. Deixou as roupas, jogadas ali. E os outros ossos que estavam juntos [seriam de outros parentes enterrados no local]. Mas levou tudo”, conta a neta, Renata Delfino Brianezi.

O genro do coronel Delfino, Ricardo Silvério, pede que quem tiver qualquer tipo de informação para conseguirem encontrar os restos mortais do sogro, que faça a denúncia na polícia.

“Estamos muito indignados com a situação que estamos passando no momento. Ele era uma pessoa boa; pessoa de caráter. Agora, quem veio fazer isso aqui é uma pessoa que não pensa em Deus, não pensa em nada. Não tem Deus no coração, não tem nada. E a gente apela, se você souber, tiver qualquer informação de algo parecido, avise a gente ou à polícia”, pede Ricardo.

A Polícia Militar e a Perícia da Polícia Civil foram acionadas para registrar a ocorrência. O gerente do Cemitério Municipal de Pouso Alegre, Pedro Guilherme Siqueira Rezende, afirma que existe um vigilante que faz a ronda noturna dentro do cemitério. A suspeita é que alguém tenha pulado o muro para cometer o crime.

As informações são do Portal Onda Sul, associado AMIRT.

Foto: Magson Gomes

%d blogueiros gostam disto: