Timóteo: Copasa cria rodizio de desabastecimento para o bairro Macuco

Arquivo DA

A Copasa esclarece que o abastecimento nestas regiões será restabelecido de forma gradativa

Para amenizar o problema de falta de água no bairro Macuco, em Timóteo, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) anuncia a adoção de um rodízio de desabastecimento, inclusive, nas partes mais altas.

Conforme a nota da Copasa, nos últimos meses foi registrada uma redução do volume de água normalmente captado nos poços utilizados pela empresa para o abastecimento do Macuco. “A situação é causada pelos danos na tubulação de revestimento do poço profundo da localidade, associada ao aumento do consumo no período de calor, fazendo com que o abastecimento fique prejudicado”, resume a nota.

O rodízio criado pela Copasa foi divido em duas regiões (1 e 2), sendo que haverá uma alternância diária entre elas ao longo da semana. O desabastecimento ocorrerá entre os dias 19 e 26 deste mês, começando pela Região 1, a partir das 9h de segunda-feira (19) e terminará no dia seguinte, às 9h.

Logo em seguida, será a vez da Região 2, que terá o desabastecimento durante 24 horas, e assim sucessivamente. Portanto, dessa forma que ocorrerá o rodízio no decorrer da semana.

A Região 1 é formada pelas ruas Maritaca, Cidrinha, Pavão, Araponga, Curió, Trinca Ferro, João de Barro, Papagaio, Arara, Jaó, Sanhaço, Catatau, Estrelinha, Canário, Azulão, Uirapuru, Tucano, Cardeal, Tico-Tico e Belga.
Já a Região 2 é composta pelas ruas Patativa, Águia, Curiango, Andorinha, Pitangol, Pintassilgo, Inhambu, Galo do Campo, Bem-Te-Vi e Beija-Flor.

A Copasa esclarece que o abastecimento nestas regiões será restabelecido de forma gradativa. Para outras informações, dúvidas ou solicitação de serviços, ligue 115, cuja chamada é gratuita, ou vá até a agência de atendimento ao cliente mais próxima de sua residência.

Poço artesiano

A perfuração de um novo poço, apontada como uma das soluções para resolver o problema de falta de água no bairro Macuco, será iniciada até sexta-feira (23), conforme a companhia. “A previsão é que os serviços sejam concluídos em até 15 dias, após o início das obras. A Companhia também informa que, para garantir o abastecimento no bairro, estão sendo realizadas manobras operacionais no sistema. Além disso, nas regiões onde o abastecimento encontra-se mais prejudicado, o fornecimento de água está sendo reforçado por meio de caminhões-pipa”, concluiu.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: