Com a chegada do Outono, médica explica se tem como diferenciar gripe de Covid-19

A médica Bruna dos Santos destaca a importância de se cuidar nesta época do ano

No outono, o aumento do número de casos de doenças respiratórias é considerável. Com os sintomas iniciais parecidos, a população deve se atentar para não confundir gripe com Covid-19.

“No Brasil, hoje, todos os sintomas gripais, até que se prove o contrário, são casos suspeitos para Covid-19”, explicou a médica Bruna dos Santos, que atua na linha de frente contra a doença.

Médica Bruna dos Santos atua na linha de frente contra a Covid-19. Foto: (Acervo)

 

 

Ela destaca que procurar um médico é fundamental para ter o diagnóstico correto da doença. “Se você tiver sintomas gripais como, por exemplo, febre, dor de garganta, tosse, espirros, secreção no nariz, falta de ar, é importante procurar atendimento médico para você ser avaliado e o médico verificar se trata de um caso mais leve, um caso mais grave, qual exame que deverá ser feito e quais os próximos passos”.

Existem diversas formas de se proteger da secura provocada pela falta de umidade do ar, típica deste período. “Pessoas portadoras de rinite alérgica, asma, bronquite e outras doenças pulmonares podem ter o seu quadro clínico piorado e entrar em crises. Para que isso seja evitado, é necessário manter o tratamento de rotina, utilizar as medicações crônicas adequadamente, por exemplo, as medicações inalatórias, que são conhecidas como bombinhas, devem ser usadas da forma correta.  Os pacientes têm que ficar em um ambiente arejado, as janelas abertas, a casa sempre higienizada, e também cuidar da mente, porque infelizmente pela própria questão do isolamento social, tendemos a ficar mais ansiosos e deprimidos”.

A médica ainda faz um apelo para a população.

“É muito importante que nesse período de pandemia nós cuidemos de forma adequada da nossa saúde. Temos que respeitar as normas sanitárias como o uso de máscara, o distanciamento social, evitar aglomerações e, somente sair de casa se necessário, para trabalhar ou em outras situações emergenciais. Sempre portando o álcool em gel na bolsa e lavando as mãos”.’

 

 

 

 

Clique aqui para baixar o vídeo.

 

 

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: