Chegada da Ardagh Group a JF pode gerar cerca 600 empregos diretos

Multinacional vai montar fábricas de lata de alumínio e de vidro às margens da BR-040

Está confirmado para esta quarta-feira (25) o anúncio da chegada da Ardagh Group a Juiz de Fora, cidade que sediará um novo polo industrial de embalagens recicláveis em Minas Gerais, com a instalação das subsidiárias brasileiras da Ardagh Metal Packaging (AMP) e da Ardagh Glass Packaging (AGP). Assim, serão implementadas duas fábricas em uma área que fica às margens da BR-040, na altura do quilômetro 773, sendo uma de latas de alumínio e outra de garrafas e embalagens de vidro. Os valores a serem investidos ainda não são conhecidos, mas a previsão é de que a chegada da multinacional possa resultar na criação de mais de 600 empregos diretos, um número ainda maior de indiretos e outras oportunidades de negócios em Juiz de Fora e região.

Assim, a cidade sediará a quarta fábrica de embalagens de alumínio da Ardagh Group no Brasil e a primeira de vidro do grupo no país. “Ambas projetadas para funcionar dentro dos padrões globais de sustentabilidade da Ardagh Group”, diz nota da multinacional divulgada à imprensa. A previsão é de que a operação da fábrica de latas de alumínio tenha início em setembro de 2023, já com a capacidade de produzir três bilhões de embalagens por ano. Já a fábrica de vidro deverá estar concluída em dezembro de 2023 e produzirá mais de 200 toneladas de vidro por ano, com dois fornos na planta.

Na última segunda-feira (23), a Tribuna conversou com o diretor da Fiemg Regional Zona da Mata e presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon-JF), Aurélio Marangon Sobrinho, que classificou a chegada da Ardagh como “extremamente importante, não só para cidade, como para a região”. “Toda a Zona da Mata vai ser beneficiada”, avaliou. São esperados para o anúncio o CEO da Ardagh Metal Packaging no Brasil, Jorge Bannitz; o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, (Novo) e a prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT). A agenda está confirmada para a manhã desta quarta-feira, no Teatro Paschoal Carlos Magno. As fábricas serão implementadas em terrenos que pertenciam à montadora Mercedes-Benz, às margens da BR-040.

Investimentos
As informações sobre investimentos ainda não foram confirmadas oficialmente. Segundo matéria do Valor Econômico, o investimento total nas duas fábricas em Juiz de Fora pode alcançar R$ 2,5 bilhões. Há quem estime aplicação de recursos na ordem de R$ 1 bilhão. As cifras, porém, só devem ser confirmadas nesta quarta, no anúncio da criação do novo polo industrial de embalagens recicláveis. “Estamos trabalhando na meta de atingir 10 bilhões de latas fabricadas no Brasil em 2024”, afirmou o CEO da AMP no Brasil, Jorge Bannitz, conforme publicado pelo Valor Econômico.

As informações são da Tribuna de Minas, associada AMIRT.  

 

%d blogueiros gostam disto: