CDL-BH pede prazo maior para comerciantes pagarem tributos

Além de causar desabastecimento em vários setores, a greve dos caminhoneiros ainda trouxe outras complicações. Entre elas os comerciantes que ficaram endividados.  Para auxiliar o setor, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH) preparou um ofício que foi encaminhado para os governantes.

O ofício feito pela CDL vai ser encaminhado as esferas municipal, estadual e federal do governo, pedido um prazo maior para o pagamento de tributos.

Conforme a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas  (CNDL), no período da greve entre os dias 21 e 28 de maio, os setores do comércio e serviços tiveram um prejuízo de R$ 27 bilhões em todo o país.

A CDL-BH ainda ressalta que os comerciantes que tiverem dívidas não tenham os nomes incluídos no cadastro de débitos pelo prazo de 60 dias.

v.v

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: