Belotur integra programação da Semana da Gastronomia Mineira

A Prefeitura de Belo Horizonte estará presente na Semana da Gastronomia Mineira, realizada pela Frente da Gastronomia Mineira (FGM) e Instituto Eduardo Frieiro. No próximo sábado (9), a Belotur vai oferecer oficinas gratuitas de harmonização de cerveja. Para participar das oficinas, é necessário retirar o ingresso neste link.

Com a Lei Ordinária 20.557/2012, 5 de julho foi institucionalizado como o Dia da Gastronomia Mineira. A data comemora, divulga e valoriza nossa culinária, que teve seu surgimento com grande influência da cozinha portuguesa, africana e indígena. “A gastronomia de Minas Gerais passa por ingredientes, tradições e talentos que são mantidos e considerados riquezas de todos os mineiros. E toda essa riqueza se encontra em Belo Horizonte. Jovem capital edificada por pessoas que trouxeram consigo suas tradições, seus saberes na gastronomia, concebendo a cidade como a maior vitrine de toda a cultura e diversidade gastronômica do estado de Minas Gerais”, comenta Gilberto Castro, presidente da Belotur.

Após um longo processo colaborativo, em outubro de 2019, Belo Horizonte foi designada pela UNESCO como Cidade Criativa da Gastronomia. Ao participar desta distinta rede, Belo Horizonte tem a oportunidade de participar de um grupo internacional de cooperação, de projetos estratégicos em âmbito nacional e internacional, fomentar a indústria criativa local, oportunizar negócios, compartilhar as melhores práticas e políticas públicas de desenvolvimento sustentável e de inclusão social, além de tornar a cidade referência no Turismo Gastronômico.

A Semana da Gastronomia Mineira é realizada pela Frente da Gastronomia Mineira (FGM) e Instituto Eduardo Frieiro, com produção executiva da Cumbucca e apoio da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur.

Programação geral

Sábado (9)

Oficinas de harmonização de cervejas
Local: Rua Mármore, 450, bairro Santa Tereza
Horários: 14h10 e 15h10
Retirada de ingresso: neste link

A harmonização de cervejas é o processo de unir elementos que combinam. Os elementos presentes na bebida e no prato devem ter sintonia e criar uma sensação agradável ao paladar. A oficina de Gastronomia será ministrada por Bruno Rodrigues Orsini, nascido em Belo Horizonte, graduou-se em Comércio Exterior pela UNA em 2006. Estudou na Universidade de Salamanca na Espanha onde fez também cursos de gastronomia. Em 2011 se tornou Home Brewer e em 2019 Sommelier de Cervejas pela Academia Sommelier de Cervejas. Em 2017 idealizou e produziu a primeira edição do festival de cervejas artesanais com conceitos sustentáveis: Jungle Bier. Em 2018 produziu o evento de encerramento do Encontro Nacional das Acervas. Em 2019 realizou no Parque Municipal de Belo Horizonte a 14° edição do Jungle Bier: Jungle no Parque Harmonizações de Outono, considerado o maior evento de harmonização cervejeiras do Brasil. Teve contribuição importante como produtor de projetos gastronômicos, na eleição de Belo Horizonte como cidade criativa da Gastronomia pela UNESCO.

Exibição do documentário “A Dona do Tacho”
Local: Cine Santa Tereza – Praça Duque de Caxias, bairro Santa Tereza
Horário: 16h30

Dona Nelsa Trombino é um ícone da gastronomia mineira. Filha de imigrantes italianos, a cozinheira dedicou a vida a divulgar a comida típica de Minas Gerais. A saborosa missão a levou a conhecer vários países pelo mundo. Fundadora do restaurante Xapuri, ela é incansável na defesa das tradições gastronômicas, como o uso do tacho de cobre. Um relato emotivo sobre a trajetória dessa personalidade da cultura alimentar brasileira.

Sopa de Pedra: Gastronomia, espaço público e responsabilidade social.
Local: Praça Duque de Caxias, bairro Santa Tereza
Horário: 18h às 19h30

A rua e o espaço público são pilares importantes na construção da cultura alimentar de um povo. Para isso, é importante compreender a necessidade de a gastronomia também ocupar esses locais. O chef Américo Piacenza, da Cantina Piacenza, é um profundo conhecedor de Belo Horizonte e um dos idealizadores do projeto ‘Sopa de Pedra’, movimento que ressignifica a cidade através do alimento. O chef e seus amigos vão preparar uma grande panela com receitas afetivas para o público que assistirá ao documentário “A Dona do Tacho”.

Domingo (10)

Além das Gerais 2022
Local: Odara Café e Ofícios – Rua Arthur de Sá, 380, bairro União
Horário: 12h às 19h

Em sua segunda edição (a primeira 100% presencial), o Além das Gerais, nasceu para promover o diálogo entre a culinária mineira e cozinhas de outros países e regiões do Brasil. Uma feira gastronômica contará com a presença de cozinheiros do Chile, Venezuela, Portugal, Congo, Bahia e Pará. No evento, mineiros e visitantes poderão comprovar os motivos que levaram a Unesco a premiar Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia: uma cidade que exporta a qualidade de sua comida, mas que também recebe as experiências culinárias de todas as partes do mundo.

As informações são da PBH.

Foto: Qu4rto Stúdio/Divulgação

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: