Belo-horizontinos têm 30% da renda comprometida por dívidas

Uma pesquisa realizada pela CDL – BH – Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte indicou que 48,3% dos consumidores comprometeram mais de 30% da renda familiar com financiamentos ou compras parceladas. Além disso, desse total, 1,7% deve mais do que ganha.

Segundo a economista da CDL-BH, Ana Paula Bastos, os dados são consequência da queda do rendimento nos últimos anos, juntamente com a falta de planejamento financeiro das famílias.

A pesquisa também afirma que as classes A e B são as que mais comprometem a renda. Pelo menos 30,4% dos entrevistados informaram ter de 16% a 30% dos seus rendimentos comprometidos. Outros 21,4% revelaram comprometer de 31 % a 50% do salário.

Os entrevistados da classe E, que correspondem a 34% da pesquisa,disseram que apenas 15% da renda é comprometida. Já 18% afirmaram não possuir nenhum financiamento ou compras parceladas.

Ainda, segundo o estudo, 71% dos consumidores pagam todas as contas na data de vencimento. Porém, 24,8% dão prioridade para contas básicas e depois pagam o restante, sem considerar a data de vencimento. Já 3,9% quitam todos os débitos após a data limite.

Em relação à faixa etária, 81,8% dos idosos pagam os débitos corretamente. Já os jovens e adultos, de 25 a 34 anos, que equivalem a 35,5% dos entrevistados, dão preferência à quitação das contas básicas em primeiro lugar.

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: