Bandidos fazem família refém em agência bancária de Itabira

A gerente de um banco, o marido dela e os filhos de 15 e 20 anos foram feitos reféns por um grupo de pelo menos seis criminosos em Itabira, na região Central, na manhã desta sexta-feira (13). A mulher foi vítima do chamado “crime do sapatinho” – quando os criminosos ficam com os parentes. Os bandidos conseguiram fugir sem levar nenhum dinheiro.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 9h eles receberam a informação de que a família havia sido sequestrada. Neste momento, os militares cercaram a casa dela e também agencia onde ela trabalha.

Ao chegar no banco, a polícia viu a gerente e outros funcionários com caixas nas mãos. A mulher disse que o dinheiro seria entregue aos criminosos que estavam fazendo sua família refém.

A mulher teria sido rendida junto com sua família na noite da última quinta-feira (12) e foram mantidos pelos criminosos até a manhã desta sexta-feira, quando se dividiram e uma parte dos bandidos fugiu levando pertences da família.

No banco, os policiais abordaram a mulher e ela relatou que entregaria o dinheiro para os bandidos em uma rua vicinal.

Ainda conforme informações repassadas no local, a família da mulher teria sido deixada na BR-381, em Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte. Os militares seguem à procura dos criminosos. Até o momento, ninguém foi preso.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: