Auxílio de R$ 300 será pago para 1.350 famílias em São Lourenço

Apenas famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até o dia 31 de março terão direito ao auxílio

O Auxílio Emergencial Familiar, que prevê benefício de R$ 300, foi aprovado na última segunda-feira (26) pela Câmara Municipal de São Lourenço, no Sul de Minas Gerais. Pelo menos 1.350 famílias serão contempladas com o auxílio que será dividido em duas parcelas.

Segundo a prefeitura, famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até o dia 31 de março terão direito ao benefício. Além disso, o beneficiário precisa ser maior de 18 anos, possuir carteira de trabalho, estar em situação de extrema pobreza e residir em São Lourenço. Ele também não pode receber outros auxílios da seguridade social, com exceção do Bolsa Família.

A prefeitura explicou que destinou R$ 400 mil para pagamento do auxílio, sendo que a Câmara Municipal vai devolver R$ 160 mil do orçamento do Legislativo. Esta quantia pode ser usada pelo Executivo municipal para pagamento do benefício.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social será responsável pela coordenação da concessão e acompanhamento do auxílio. Apenas um membro da família pode ter direito ao benefício.

Outras cidades da região também possuem auxílios para beneficiar a população. Em Guaxupé, a prefeitura já iniciou o pagamento e, em Caldas, vereadores ainda devem analisar o projeto de lei.

 

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: