Após dois meses de queda, setor de serviços registra alta em novembro

Crescimento foi de 2,4%, segundo o IBGE

Após dois meses de taxas negativas, o setor de serviços cresceu 2,4% na passagem de outubro para novembro e recuperou a perda acumulada de 2,2%. Com o resultado de novembro, da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta quinta-feira (13) pelo IBGE, o setor ficou 4,5% acima do patamar pré-pandemia, registrado em fevereiro de 2020, mas está 7,3% abaixo do recorde alcançado em novembro de 2014.

Na avaliação do gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, a recuperação do mês de novembro coloca o setor no maior nível dos últimos seis anos, igualando-se a dezembro de 2015.

Ele lembrou que das últimas 18 informações divulgadas, na comparação mês a mês, 15 foram positivas e três foram negativas: em março, devido a segunda onda de covid, e em setembro e outubro, por conta de aumentos de preços em telecomunicações e passagens aéreas.

Quatro das cinco atividades investigadas avançaram no mês de novembro, com destaque para serviços de informação e comunicação, com alta de 5,4%. O resultado coloca a atividade num patamar 13,7% acima de fevereiro de 2020.

O índice de atividades turísticas também se destacou em novembro, ao crescer 4,2% frente a outubro. Foi a sétima taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 57,5%. Porém, segundo o IBGE, apesar dessa alta, o segmento de turismo ainda se encontra 16,2% abaixo do patamar de fevereiro do ano passado.

Na comparação com novembro de 2020, o volume de serviços avançou 10,0%, registrando a nona taxa positiva seguida, e crescimento em quatro das cinco atividades, com destaque para transportes e serviços de informação e comunicação.

No acumulado de janeiro a novembro de 2021, a taxa ficou em 10,9%. Em 12 meses, a expansão foi de 9,5%, a taxa mais intensa da série iniciada em dezembro de 2012.

As informações são da Agência Brasil. 

Foto ilustrativa: Pixabay

Anexos para downloads:

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: